PRATICAR EXERCÍCIO DURANTE A GRAVIDEZ?

09.03.21

Gravidez e Exercício. Pré e pós parto devo ou não praticar exercício durante a gravidez ?

A resposta a esta grande questão é: Não só podes como deves! 


Na ausência de contraindicações e, obviamente, sob a supervisão de um Personal Trainer, tendo em conta um planeamento adequado, é possível treinar durante e após a gravidez e ainda atingir os teus objetivos. Organizações internacionais como a ACSM (The American College of Sports Medicine) esclarecem a importância da atividade física tanto para a mulher como para o seu feto, sendo importante alcançar, aproximadamente, 150 minutos de treino por semana de intensidade moderada.

Vamos a isto? 


1  Passo 1 - Avaliação Médica

gravida em consulta médica

Estou grávida e agora? Eis a grande questão! O primeiro passo é se treinas, interrompe os treinos, se não treinas, não inicies sem consultar o teu médico especialista. Ele irá avaliar-te rigorosamente e aconselhar-te da melhor forma.


2  Passo 2 - Avaliação Pré-Exercício

gravida com instrutorApós uma avaliação clínica detalhada com profissionais qualificados de forma a excluir possíveis contraindicações, entra “em cena” o Personal Trainer com a principal função de perceber a pessoa e todos os detalhes da gravidez que serão parte importante de toda a prescrição/planeamento estruturado de treino.
Para isto, pode ser aplicado o questionário “PARmed-X para gestação atividade física com facilidade”. Funcionará como um instrumento que permite perceber melhor a gravidez e prescrever o treino de forma mais adequada.


Existem várias situações que podem condicionar o teu treino e que precisamos ter em conta antes de iniciar o teu plano de treino:
•    Padrão de atividade física (Pessoa inativa, ativa ou atleta);
•    Experiência de Treino;
•    Motivação;
•    Objetivo;
•    Patologias.


3   Passo 3 - Testes físicos

Embora não exista uma bateria de testes físicos para grávidas, devem ser aplicados testes de força, flexibilidade, avaliações de movimento , equilíbrio e marcha. 
Nota: não existindo uma bateria de testes, estes nunca devem ser aplicados com cargas máximas. 


Este é um período em que o corpo da mulher muda completamente. Salientamos possíveis alterações aos níveis:

•    Biomecânico 
•    Músculo-esquelético
•    Composição Corporal
•    Capacidade Cardio-respiratória

Todos estes quatro pontos influenciam diretamente a intensidade de treino, sendo que devem ser monitorizados permanentemente.


4  Passo 4 - Plano de Treino

grávida pratica exercício físico

Tendo em conta o conteúdo abordado nos pontos anteriores, surge o plano de treino. Este deve englobar na generalidade:
•    Treino aeróbio;
•    Treino de força;
•    Treino funcional (Equilíbrio, flexibilidade, entre outros).


Exercício a exercício devemos ter em conta várias condicionantes de treino, tais como:
•    Intensidade;
•    Duração; 
•    Frequência;
•    Progressão

A capacidade da mulher ao longo da gravidez bem como, qualquer desconforto ou sintoma devem ser analisados e tidos em conta na adaptação do treino “in loco”.


Resumindo, podes praticar exercício físico durante a gravidez!
Depois de consultares o teu médico para perceberes se existem contraindicações, importa fazer a avaliação pré-exercício físico para o teu Personal Trainer te conhecer melhor e elaborar o teu planeamento de treino. Durante o treino, deve estar atenta a sintomas e desconfortos para que, no momento, o Personal Trainer possa fazer adaptações a cada exercício. Para finalizar, o exercício tem uma impacto positivo na mulher, na gravidez, no parto e na saúde do feto. Devidamente supervisionado pelo médico e por um Personal Trainer é seguro e eficaz!

Gonçalo Bem-Haja

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de utilização.

PACK de VERÃO c/ 50% de desconto nas primeiras unidades.
Deixa contacto para SABER +:

Selecione Ginásio